Geral

O que é "conformidade corporativa"?

O que é

Isso se traduz literalmente como "conformidade corporativa (regulatória)" e é o nome dado à organização e ao sistema de gestão que a empresa deve implementar para evitar ou, quando apropriado, mitigar sua responsabilidade criminal.

Essa nova responsabilidade criminal da empresa é delimitada pela Lei nº 1/2015, de 30 de março, que reforma o Código Penal, que entrou em vigor em 1º de julho de 2020. Falamos sobre isso recentemente neste blog :

O objetivo desse regulamento é especificar as medidas de vigilância e controle que a empresa adotará para prevenir e reduzir os efeitos dos possíveis crimes que venha a cometer.

Crimes (até 31!) Podem ser cometidos através das pessoas que trabalham na empresa e que a Lei classifica em dois grupos:

- a representantes legais ou administradores de fato ou de direito da empresa, quando atuam por conta e para lucro por essa;

- a empregados sujeito à autoridade daqueles, desde que o crime tenha sido cometido por não ter exercido o devido controlesobre sua pessoa e atividade, pelos representantes legais ou administradores. Nesse caso, a responsabilidade criminal só surgirá para a empresa quando esta não tiver implantado ou não tiver funcionado efetivamente um sistema de prevenção e controle do crime, ou seja, o sistema de “Conformidade Corporativa”.

Este sistema deve ser recolhido nos diversos documentos que compõem o denominado "Modelo de prevenção ou segurança", que não é obrigatório, ou seja, a empresa pode decidir se implementa o modelo antes da eventual prática do crime, ou posteriormente , logo após sua comissão.

O que a lei prevê, é claro, são consequências diferentes para um caso e outro:

- Caso o Modelo de Prevenção tenha sido implantado antes do crime ser cometido e comprovando que funcionou, a empresa permanecerá exoneradode responsabilidade criminal;

- se for implementado após a prática do crime, a empresa só obterá atenuar vale a pena, mas não o exonerando.

(Foto: Pixabay)



Vídeo: O Compliance como Instrumento de Contenção da Corrupção (Janeiro 2022).